23°C 34°C
Manaus, AM

FVS-RCP atua em monitoramento de segurança sanitária durante partida entre Vasco e Audax

FOTOS: Lucas Macedo/FVS-RCP

09/02/2024 às 13h05
Por: Portal In9 Fonte: Agência Amazonas
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Agência Amazonas
Foto: Reprodução/Agência Amazonas

FOTOS: Lucas Macedo/FVS-RCP

A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas – Dra Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP), da Secretaria de Estado e Saúde do Amazonas, realizou o monitoramento sanitário no jogo de futebol entre Vasco da Gama e Audax, na quinta-feira (08/02). A partida, válida pela sétima rodada do campeonato carioca, foi realizada na Arena da Amazônia, em Manaus.

Continua após a publicidade

A equipe do Departamento de Vigilância Sanitária (Devisa) da FVS-RCP realizou o monitoramento sanitário durante os atendimentos de saúde em ambulâncias, praça de alimentação e estruturas à população em funcionamento no estádio. A atuação da vigilância sanitária é um trabalho preventivo e fiscalizatório que monitora riscos sanitários.

Tatyana Amorim, diretora-presidente da FVS-RCP, enfatizou a atuação do departamento na partida. “Os grandes eventos de massa no estado são monitorados pela fundação. E o Devisa é um desses atores nesse processo de vigilância, monitorando riscos sanitários que esses eventos, com grande quantidade de pessoas, possa apresentar à saúde pública”, afirmou.

Foto: Reprodução/Agência Amazonas
Foto: Reprodução/Agência Amazonas

FOTOS: Lucas Macedo/FVS-RCP

Segundo Jimmy Torquato, gerente de produtos do Devisa, as ações desenvolvidas no jogo implicam diretamente nos torcedores que foram ao estádio. “Tanto a parte de fiscalização quanto a de monitoramento tem como intuito evitar que agravos ou emergências de saúde aconteçam em eventos assim, garantido o bem-estar dos torcedores presentes”, comentou.

A Arena recebeu mais de 21 mil pessoas na partida. A equipe de fiscais sanitários da FVS-RCP foi composta por Jimmy Torquato, Renato Ramos e Marcelo Izel.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Lenium - Criar site de notícias