23°C 34°C
Manaus, AM

Recém-nascidos são destaque no 'Bloquinho Embalados' do Materno-Infantil de Barcarena

Hospital adorou a utilização de redes como uma das estratégias de humanização nos cuidados intermediários neonatais

13/02/2024 às 11h20
Por: Portal In9 Fonte: Secom Pará
Compartilhe:
Crédito: Divulgação
Crédito: Divulgação

O 'fofurômetro' explodiu neste Carnaval no Hospital Materno-Infantil de Barcarena Dra. Anna Turan (HMIB), na região do Baixo- Tocantins. Bebês prematuros em tratamento na unidade do governo do Estado, fizeram a terapia Hammock, também conhecida como rede de posicionamento, mas dessa vez, de uma forma diferente.

As Unidade de Terapia Intensiva e de Cuidados Intermediários Neonatais foram adaptadas com uma decoração alusiva à festa de momo. As crianças também puderam colocar fantasias e passar por um pequeno ensaio fotográfico.

Continua após a publicidade

Enquanto estão internadas por conta da prematuridade, as gêmeas Isabela e Isadora passam pela experiência. A estudante Camilly Fernanda, mãe das meninas, foi só elogios ao método humanizado.

“Somos de Cametá. Viemos para Barcarena e elas ficaram internadas. Graças a Deus estão reagindo muito bem, aguardando ganhar o peso ideal para voltarmos para casa”, disse a mãe Camilly Fernanda.

“Fomos muito recebidas neste hospital, as pessoas tratam minhas filhas como se fossem delas. Apesar de estar num ambiente hospitalar e tudo que já aconteceu estou tendo uma experiência boa, uma vivência que vou levar para a minha vida”, garante ela.

Humanização

Adotar no ambiente hospitalar um local mais acolhedor com vivências do próprio dia a dia, com o uso de objetos culturais como a rede, traz inúmeros benefícios tanto para o desenvolvimento do recém-nascido, quanto para a saúde mental dos pais que permanecem juntos no processo de internação, é o que explica a terapeuta ocupacional do HMIB, Maynara Sampaio.

“Faz parte do trabalho de humanização que é desenvolvido dentro do hospital Materno Infantil de Barcarena pela equipe multiprofissional. Em alusão a data comemorativa do Carnaval, realizamos o Bloquinho dos “Embalados do HMIB” onde utilizamos o método Hammock, também conhecido como rede de posicionamento”, explicou Maynara.

Estratégia

Os prematuros possuem imaturidade das vias inibitórias descendentes da dor, por causa da maturação incompleta do sistema nervoso central. Assim, “a rede de posicionamento é uma das estratégias de humanização dentro da unidade de terapia intensiva é unidade de cuidados intermediários neonatais, de baixo custo, com base na teoria síncrono-ativa da organização neurocomportamental do recém-nascido, considerando que objetiva otimizar a interação do recém-nascidos com o ambiente e os subsistemas neurocomportamentais”, reforçou a fisioterapeuta do HMIB, Pamella Pantoja.

A profissional observa que essa intervenção simula o ambiente intrauterino por meio do posicionamento fisiológico e pelo pequeno balanço gerado nesse dispositivo com a ajuda dos movimentos corporais e respiratórios do neonato. “Fisiologicamente, isso pode impactar de maneira positiva no sistema autônomo, regulando os movimentos respiratórios e o ritmo cardíaco”, conclui.

O Hospital Materno-Infantil de Barcarena é uma unidade do governo do Pará, operacionalizado pelo Instituto Social e Ambiental da Amazônia (ISSAA), por meio de contrato de gestão com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). A unidade é referência para mães e bebês na região do Baixo Tocantins, que abrange 11 municípios.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Lenium - Criar site de notícias