E-mail

mail@portalin9.com

WhatsApp

(92994108080

Anúncio
Amazonas

INADIMPLÊNCIA: amazonenses somam dívidas de mais de R$ 6,7 bilhões

INADIMPLÊNCIA: amazonenses somam dívidas de mais de R$ 6,7 bilhões

19/09/2023 15h44
Por: Portal In9
Fonte: D24AM

Mais de 1,5 milhão de amazonenses estão inadimplentes e somam dívidas de mais de R$ 6,7 bilhões, com média de R$ 4,3 mil para cada um. Isso representa 52,44% da população adulta no Estado, percentual acima do índice nacional, que é de 43,88%. Os números são referentes a agosto e fazem parte do Mapa da Inadimplência da Serasa, levantamento mensal que apresenta o cenário de endividamento no Brasil.

A maior parte das dívidas no Estado está concentrada em três setores: Bancos e Cartões (26,90%), Varejo (26,77%) e Utilities (17,01%). Entre as faixas etárias, os maiores inadimplentes têm entre 26 e 40 anos (36,0%), seguidos pela população entre 41 e 60 anos (34,9%) e por pessoas acima de 60 anos (14,9%).

Continua após a publicidade

É válido destacar que o número de brasileiros que não conseguem pagar suas contas voltou a subir em agosto, após dois meses consecutivos em queda. Ao todo, são 71,74 milhões de inadimplentes no país, sendo 320 mil novas pessoas nessa situação, em relação ao número registrado em julho.

Um dos fatores de impacto foi o crescimento de 2,97 p.p. do setor de Utilities – contas de gás, água e luz – desde o início deste ano. Isso representou 24,47% das dívidas – maior valor da série histórica, divulgada pela Serasa a partir de janeiro de 2019.

É válido destacar que a Serasa conta com uma série de programas que tem o intuito de contribuir para a queda da inadimplência e melhorar os dados. Apenas nos canais oficiais do Serasa Limpa Nome estão disponíveis mais de 76 milhões de ofertas. Débitos com mais de 400 empresas dos mais variados segmentos podem ser pagos à vista e com descontos de até 99%.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias