E-mail

mail@portalin9.com

WhatsApp

(92994108080

Anúncio
Marabá - PA

Cidade: Orla de Marabá é cenário para histórias de amor

Ao pôr do sol, com direito a pedidos de namoro e casamento, aproveitando o cenário perfeito da orla, os casais compõem histórias especiaisCom certe...

12/06/2024 15h22
Por: Portal In9
Fonte: Prefeitura de Marabá - PA
Foto: Reprodução/Prefeitura de Marabá - PA
Foto: Reprodução/Prefeitura de Marabá - PA

Ao pôr do sol, com direito a pedidos de namoro e casamento, aproveitando o cenário perfeito da orla, os casais compõem histórias especiais

Com certeza, você que está lendo esta matéria e mora em Marabá, conhece a orla da cidade, um dos nossos cartões-postais. O local é cenário para muitos romances e, com um pôr do sol que dá um toque especial a um encontro, cria o clima perfeito para a expressão do amor.

Continua após a publicidade

Neste Dia dos Namorados, conversamos com dois casais que têm, na orla, um lugar especial, que marca suas trajetórias. O primeiro deles teve os pedidos de namoro e casamento realizados no referido cartão-postal.

Gabriela e André: um amor guiado pela fé

Gabriela Cavalcante e André Epifânio conheceram-se no ano passado enquanto trabalhavam na Secretaria Municipal de Saúde de Marabá. Ela é coordenadora de Saúde da Mulher, enquanto ele trabalhava no setor de Licitações. As conversas iniciais entre os dois eram sobre trabalho e questões administrativas.

Foto: Reprodução/Prefeitura de Marabá - PA
Foto: Reprodução/Prefeitura de Marabá - PA
Foto: Reprodução/Prefeitura de Marabá - PA
Foto: Reprodução/Prefeitura de Marabá - PA
Foto: Reprodução/Prefeitura de Marabá - PA
Foto: Reprodução/Prefeitura de Marabá - PA

Quando André mudou de emprego, eles começaram a interagir pelas redes sociais e as conversas se aprofundaram. Logo, descobriram algo em comum: faziam parte da mesma denominação religiosa e começaram a trabalhar em ações de evangelismo juntos. Durante um evento na Praça São Francisco, uma conexão maior entre eles foi estabelecida. Em outro evento, André enviou um açaí para o trabalho de Gabriela demonstrando, de fato, seu interesse.

“A gente marcou o primeiro encontro, que foi, inclusive, aqui na orla, perto da Praça São Félix de Valois e só foi aumentando esta conexão. Depois, fomos ao cinema, veio de fato a interação de a gente começar a orar juntos, buscar esse direcionamento e, quando veio a confirmação, conhecíamos nossas família e veio o pedido de namoro aqui na orla”, relembra Gabriela Cavalcante.

Pouco tempo depois, em 17 de setembro de 2023, veio o pedido de namoro e então começa a história do casal com a orla de Marabá.

Gabriela Cavalcante e André Epifânio
Gabriela Cavalcante e André Epifânio

“O pedido de namoro foi na orla porque aqui foi nosso primeiro encontro, a maior parte dos nossos encontros e pós-expedientes também. O pedido de namoro foi com amigos. Estava uma amiga e a minha cunhada. Por conta do simbolismo que a orla tem para a gente, o pôr do sol é o momento mais importante do dia”, afirma André Epifânio.

Na orla, superprodução no pedido de casamento teve tapete vermelho e balões
Na orla, superprodução no pedido de casamento teve tapete vermelho e balões

E, como o amor não pode esperar, o pedido de casamento, com direito à superprodução, tapete vermelho e balões com a frase ‘Casa comigo’, veio quatro meses depois, em 24 de janeiro de 2024.

A ideia de André consistiu em um percurso com três pontos. A surpresa para Gabriela iniciou quando estava em uma reunião do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Mulher de Marabá (Condim). Ela recebeu uma caixa com fotos, mensagens e um QR Code que indicava a localização do próximo ponto, que foi a açaiteria onde ocorreu o pedido de namoro. De lá, Gabriela foi para o último local do pedido.

“O ponto final na escadaria da Z-30 foi muito por conta do pôr do sol e que a água já estava chegando ali também, um clima bem interessante. Escolhi lá por conta desse simbolismo que a orla tem, com a presença de familiares e amigos que nos ajudaram a construir nossa história”, conta André.

Gabriela relembra emocionada todo o cenário montado e chegou a pensar que já seria o próprio casamento. Apesar da surpresa, o propósito do casamento estava no relacionamento desde o início do namoro.

“Quando o pedido chega, quando eu vi, pensei ‘Meu Deus e agora’? Tenho que decidir: ‘eu vou passar o resto da minha vida ao lado dele? Sim ou não’. Então, era o grande pedido, foi muita emoção. Comecei a chorar, chorar descontroladamente, a maquiagem borrando, a sensação de se ter familiares e amigos que aprovam o relacionamento, que é algo muito importante para confirmação. E quando eu vi, ali embaixo, estava o amor da minha vida segurando rosas e as nossas alianças”, relembra emocionada.

Os dois pedidos renderam vídeos para as redes sociais. O vídeo do pedido de casamento teve mais de 11 mil visualizações, fora as gravações feitas pelas pessoas que estavam no local.

Depois de todas essas emoções, com certeza, a orla já está marcada para sempre na história do casal.

“O pôr do sol mais lindo para a gente vai ser sempre a orla”
“O pôr do sol mais lindo para a gente vai ser sempre a orla”

“Foi aqui onde tudo começou, onde a gente disse o sim mais importante da nossa vida. Então, o pôr do sol era aquele momento onde após um dia inteiro de trabalho a gente tinha o descanso de ver um ao outro. Então, Marabá é a nossa terra querida. O pôr do sol mais lindo para a gente vai ser sempre a orla. Quando eu era solteira eu vinha na orla, via os outros casais, nunca imaginava que viveria o meu romance aqui também”, diz Gabriela.

André afirma que desde o primeiro encontro na orla sabia que Gabriela seria sua esposa. Para ele, é necessário aproveitar os momentos e não deixar sentimentos ruins limitarem a experiência de viver uma história de amor com a pessoa certa. “É importante o direcionamento de Deus para essas escolhas e não se limitar. E creio que também não perder tempo. Acho que a vida é muito curta para se planejar, para ficar conjecturando como faria, como seria. Então, se sentiu, se tem a sensação, tem a paz, tem o respeito mútuo entre as partes, não tem porque perder tempo”, conclui.

Para Gabriela, o único arrependimento foi não terem se conhecido antes. O casamento ocorreu no dia 13 de abril deste ano, menos de sete meses depois do início do namoro. Ela deixa uma mensagem para os solteiros e namorados neste dia especial.

“Amem, se deixem ser amados, se permitam. Acho que primeiro a gente tem que se amar para depois se permitir amar o outro e esse amor vai ser pleno e completo. Então, aproveitem essa fase. É uma fase extraordinária. Agora, estamos vivendo o nosso eterno dia dos namorados. Nossa experiência é maravilhosa. Apenas amem, aproveitem”, aconselha.

Natallia e Leon: uma resposta à oração

Natallia Alves e Leon Ramirez conheceram-se em 2019, durante um retiro espiritual da igreja que participam. Foi a partir desse momento que a aproximação dos dois ocorreu. Eles começaram a sair e ficaram cerca de um mês conversando, decidindo se começavam a namorar.

Natallia Alves e Leon Ramirez
Natallia Alves e Leon Ramirez

“Ela estava me enrolando, né?”, brinca Leon. “Eu estava enrolando ele. Não, mentira, eu não estava enrolando. Aí, acabou que decidimos namorar e começamos”, relembra Natallia.

Leon conta que sempre procurou uma parceira, que estivesse ao seu lado em todos os momentos, sejam bons ou ruins. Analisando o relacionamento, percebeu que nos cinco anos de namoro, os dois passaram por muitas situações juntos. Para ele, isso foi uma comprovação de que Natallia era a pessoa certa para compartilhar o resto da vida.

“Não foi uma decisão rápida, nem fácil. Eu fiquei muito tempo pensando, mas todas as perguntas que eu fazia, todos aqueles problemas que eu imaginava, sempre ela estava ao meu lado, sempre a resposta era ela. Então, eu não tive mais dúvida e só restou mesmo fazer o pedido”, afirma.

O casal viralizou em maio deste ano com o vídeo do pedido de casamento idealizado por Leon na orla de Marabá. Já são mais de 230 mil visualizações no Instagram, com milhares de comentários desejando felicidades ao casal. Segundo ele, o que foi para a edição final do vídeo foi o Plano B que havia desenhado, depois de conversar com familiares e amigos dos dois. Como trabalha com audiovisual, Leon pensou em detalhes como o posicionamento das câmeras para captar o momento especial.

Foto: Reprodução/Prefeitura de Marabá - PA
Foto: Reprodução/Prefeitura de Marabá - PA
Foto: Reprodução/Prefeitura de Marabá - PA
Foto: Reprodução/Prefeitura de Marabá - PA
Pedido de casamento de Leon a Natallia conta com mais de 230 mil visualizações

“Depois que eu tive a certeza do Plano B, eu comecei a executar. Eu imaginei a orla, por ser um local muito bonito, por ter uma beleza natural incrível, é um local onde a gente vem, geralmente depois do expediente, tomar água de coco, conversar, ver o pôr do sol. Eu imaginei que se a chamasse para cá, ela não ia perceber o que iria acontecer”, explica Leon.

No vídeo, Leon chamou Natallia para tomar água de coco na orla. Em um momento, ele a deixa sozinha no banco e algumas pessoas desconhecidas começam a passar e entregar para ela uma rosa e uma carta, que é narrada por Leon, no vídeo.

A oração de Natallia

As rosas cumprem um papel importante no vídeo porque remontam ao início do namoro dos dois. Natallia relembra que sempre orou pela pessoa certa para se relacionar e, no retiro espiritual onde tudo começou, ela fez uma oração específica a Deus.

“Eu pedi, dentro dessa oração, que fosse uma pessoa romântica e eu literalmente falei ‘Senhor, não precisa ser um homem que me desse buquê de rosas enorme, cara, eu queria só uma rosa e, no nosso primeiro encontro, ele chegou com uma rosa e foi uma coisa que eu achei que foi muito resposta de Deus. A partir desse momento, a rosa teve um significado muito grande, tanto que em todas as datas comemorativas ele sempre me deu uma rosa”, conta.

Foto: Reprodução/Prefeitura de Marabá - PA
Foto: Reprodução/Prefeitura de Marabá - PA
Foto: Reprodução/Prefeitura de Marabá - PA
Foto: Reprodução/Prefeitura de Marabá - PA
Foto: Reprodução/Prefeitura de Marabá - PA
Foto: Reprodução/Prefeitura de Marabá - PA

Natallia comenta que os dois sempre planejaram muito, que o casamento já era um tema abordado pelo casal e que imaginavam que o pedido aconteceria em 2024, mas sem ter uma data exata. Ela conta que, no dia, estava desconfiada da atitude de Leon, principalmente quando ele pediu para ela levar uma roupa para trocar o uniforme do trabalho. Quando a primeira pessoa apareceu com a rosa e a carta, muita coisa passou pela cabeça.

“Foi a realização de um sonho, porque eu sempre tive essa vontade de casar, de noivar e depois que eu encontrei o Leon, eu senti que a gente tinha uma sintonia muito grande e esse desejo só aumentou para ter isso com ele, para a gente formar nossa família, executar os nossos planos. Tudo isso passou na minha cabeça, que finalmente era real, que a gente ia passar o resto da nossa vida juntos”, comenta emocionada.

Na visão de Leon, o amor entre eles dois é grande demais para ficar guardado apenas para ambos. A repercussão do vídeo mostra que ainda há muito espaço para boas histórias de amor serem contadas e expressadas.

“Meu recado é que realmente as pessoas não desistam do amor porque a gente consegue observar na sociedade atual que os relacionamentos são muito frágeis, que as pessoas não têm mais esse apego a alguém. Eu acho que, quando a gente ama uma pessoa de verdade, quer estar sempre ao lado dela, não importa se é em um momento ruim ou bom. Quando a gente encontra a pessoa certa, a gente só tem tendência a crescer. Então, imagino que duas pessoas juntas, que tenham um objetivo em mente, conseguem as coisas muito mais rápido”, argumenta.

Natallia também deixa uma mensagem neste Dia dos Namorados, afinal o amor é paciente e bondoso, tudo sofre, tudo crê, tudo espera e tudo suporta.

“Uma das coisas que eu vejo muito é que, hoje em dia, as pessoas desistem muito fácil do relacionamento, de ter alguém próximo, de fazer sacrifícios para ter alguém pela vida toda. Eu acho que as pessoas deveriam se atentar mais a isso e perceber que, às vezes, estão perdendo algo muito importante e, realmente, se entregar. Às vezes, mesmo que esteja confuso, que avalie bem a situação. Claro que numa situação boa, ela lute pela pessoa que ama”, conclui.

Texto: Ronaldo Palheta
Fotos: Sara Lopes

The post Cidade: Orla de Marabá é cenário para histórias de amor appeared first on Prefeitura de Marabá - Pa .

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias